Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Coral Infantil da UFRJ

Coral Infantil da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1989, celeiro de grandes talentos...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Concertos UFRJ

Concertos UFRJ

Toda segunda, às 22h, temos encontro marcado na FM 94,1

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Brasil Ensemble - UFRJ

Brasil Ensemble - UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Mais de uma década se apresentando em importantes salas de concertos...

Criado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Notícias Destaques A Reforma do Leopoldo Miguez
A Reforma do Leopoldo Miguez PDF Imprimir E-mail
A instalação elétrica do Salão está sendo refeita, e colocados os dutos para o ar condicionado. Quando o órgão retornar, encontrará o principal palco da Escola restaurado.
Escrito por Maria Celina Machado   
Sex, 09 de Abril de 2010 00:00
A reforma do Salão Leopoldo Miguez foi reiniciada em março. Esta etapa abrangerá a parte elétrica, com aumento de carga, o piso da platéia e balcões, o palco e coxias, além da restauração da pintura do teto do palco, de autoria de Carlos Oswald.Será instalada também, por baixo dos pisos, toda a estrutura dos dutos para o ar condicionado. Segundo o arquiteto Delfim Carvalho, da empresa Carvalho Toranzo, que venceu a licitação e está executando a obra, não haverá tubulação aparente.
Foto: Arquivo/EM
reforma04
A reforma do Salão Leopoldo Miguez foi reiniciada em março. Esta etapa abrangerá a parte elétrica, com aumento de carga, o piso da platéia e balcões, o palco e coxias, além da restauração da pintura do teto do palco, de autoria de Carlos Oswald.Será instalada também, por baixo dos pisos, toda a estrutura dos dutos para o ar condicionado. Segundo o arquiteto Delfim Carvalho, da empresa Carvalho Toranzo, que venceu a licitação e está executando a obra, não haverá tubulação aparente.
A solução busca a menor interferência possível na arquitetura e será possível porque há um espaço entre a tábua corrida e a laje.

A instalação elétrica será toda refeita – "fiação, quadros, tudo", adianta o arquiteto. Ainda há fios da época da construção do prédio, mas tudo será retirado. "Vamos fazer um sistema moderno", diz. Ao mesmo tempo, será solicitado à Light um aumento da carga. A previsão é que as obras durem quatro meses.

A verba para esta etapa é originária do Banco do Brasil e foi destinada à EM pela própria Universidade. "A reitoria separou um milhão e meio para a Escola", informa o diretor, maestro André Cardoso. "Nas próximas etapas será preciso instalar o maquinário do ar condicionado, cuidar das demais dependências do prédio, das salas de aula. Há muito que fazer. Mas estamos caminhando", enfatiza.

Órgão renovado

Foto: Arquivo/EM
reforma05
Paralelamente, outra reforma em andamento é a do órgão Tamburini que, "quando retornar à Escola, encontrará pronta toda a área do palco e também as salas internas onde ficam os tubos", assinala o diretor. O órgão do Salão Leopoldo Miguez está desmontado. "Algumas peças foram levadas para a oficina da empresa Família Artesã Rigatto & Filhos, em São Paulo, para reparos e descupinização. Estavam comprometidas e ficarão em uma estufa a gás para a completa eliminação dos focos de cupim", explica.
Além disso, o maestro acrescenta que "uma oficina foi montada na sala 21 onde estão guardadas diversas peças que serão restauradas aqui mesmo na EM. Os tubos da fachada estão sendo desamassados, desempenados e soldados onde necessário e ganharão uma nova pintura. A consola será restaurada e a ela será acoplado o equipamento de digitalização", acrescenta.  
  
Mais informações sobre o projeto de restauração e revitalização da EM podem ser lidas aqui

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Sáb, 17 de Março de 2012 12:46
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO