Série Talentos UFRJ

Série Talentos UFRJ

Institucional >> Séries Temáticas

Divulgando a pluralidade da produção artística da Escola de Música

Foi criada em…

More...
Coro Sinfônico da UFRJ

Coro Sinfônico da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado às grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos...

Coro Sinfônico da UFRJ é…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Coral Infantil da UFRJ

Coral Infantil da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1989, celeiro de grandes talentos...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Notícias Pós-Graduação Pós-Graduação firma convênio com Sinfônica de Barra Mansa
Pós-Graduação firma convênio com Sinfônica de Barra Mansa PDF Imprimir E-mail
Escrito por Francisco Conte   
Dom, 03 de Setembro de 2017 17:21

O Programa de Pós-Graduação Profissional em Música (PROMUS) e a Associação da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa (AOSBM) formalizaram em agosto importante parceria. Segundo o convênio assinado pelo reitor da UFRJ, Roberto Leher, e o diretor executivo da associação, Rubem Giranda, a AOSBM oferecerá bolsas aos alunos do Programa e disponibilizará datas em sua temporada de concertos para mestrandos da área de regência, que atuarão junto aos seus diversos corpos orquestrais. Em contrapartida, o Programa definirá anualmente um número de vagas em seus editais de seleção para acordos de cooperação.

 

  Foto: Reprodução
  osbm
   

A Orquestra Sinfônica é apenas a face mais visível do projeto Música nas Escolas da Prefeitura de Barra Mansa. Uma iniciativa que desenvolve intensa atividade de musicalização na rede pública do município, atendendo mais de 22 mil alunos em 72 unidades de ensino. Com a criação em 2013 da AOSBM, a sua rede de mais de uma dezena de formações e grupos musicais passou a ser administrada pela associação.

 

Percurso

 

A ideia do convênio surgiu em conversas do professor Daniel Guedes, docente do Programa que presta assessoria à AOSBM, com o maestro Vantoil de Souza, um dos idealizadores do projeto Música nas Escolas. Dos contatos iniciais até a formalização da parceria foram cerca de dez meses, recorda Aloysio Fagerlande, coordenador do PROMUS.

 

- Uma ciranda que envolveu aprovações na Comissão Deliberativa do Programa, na Congregação da Escola de Música (EM), no Conselho de Centro (CLA), na Seção de Acordos da UFRJ, na Procuradoria da República, na Agência de Inovação (UFRJ), no CEPG (UFRJ), até as assinaturas dos representantes das instituições envolvidas.

 

Esforço que, segundo ele, valeu a pena. Além de atender às políticas de autofinanciamento estabelecidas pelas portarias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que disciplinam os Mestrados Profissionais, o convênio cumpre uma função estratégica no processo de consolidação do jovem Programa de Pós-Graduação, atualmente em seu segundo ano de funcionamento.

 

- A intenção é inserir regionalmente o PROMUS. A AOSBM possui um importante projeto de música, tanto no âmbito social quanto profissional, envolvendo todo o Sul Fluminense, especialmente a região do Vale do Paraíba. Creio que a parceria será muito proveitosa para ambas instituições.

 

Mais que uma orquestra

 

A trajetória da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa (OSBM) começa em 2005, como parte projeto Música nas Escolas, que havia sido criado há apenas dois anos. Desde então realiza anualmente uma concorrida temporada de concertos, em que recebe destacados solistas e regentes nacionais e internacionais, e tem se apresentado nos mais importantes palcos nacionais.

 

O projeto idealizado pelo maestro Vantoil de Souza Júnior e pelo professor Luiz Augusto Mury não se resume à orquestra. Mantido pela Prefeitura de Barra Mansa, numa ação conjunta da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação de Cultura, abarca toda a rede pública de ensino e conta com patrocínio de empresas privadas, através de mecanismos de incentivos, como a Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. Adotando como referência o método Suzuki, desenvolvido pelo famoso educador japonês Shinichi Suzuki (1898 – 1998), propõe uma educação musical mais ampla de crianças e jovens, que toma como ponto de partida a prática ao invés da teoria e da técnica instrumental.

 

O resultado não poderia ser mais positivo. Formou uma rede de grupos musicais que inclui, além da OSBM e diversas formações camerísticas, a Banda Sinfônica de Barra Mansa, a Banda Sinfônica Infanto-Juvenil, a Banda Sinfônica Infantil, a Banda de Música infantil do bairro Vila Nova, a Banda de Música Infantil da Região Leste, a Orquestra de Violões, o Coral Infantil, a Orquestra de Metais de Barra Mansa, a Banda Marcial Infanto-Juvenil, a Orquestra de Percussão e a Orquestra de Jazz.

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Dom, 03 de Setembro de 2017 18:08
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO